PRINCE AVALANCHE (2013)

Prince Avalanche | dir. David Gordon Green | EUA | ★★★★

37ª Mostra Internacional de São Paulo

Prince Avalanche Poster

Prince Avalanche” foi outra grata surpresa que tive na 37ª Mostra Internacional de São Paulo. Vindo com um agraciado prêmio de melhor direção em Berlim, o filme não é precisamente revolucionário. Basicamente, é um típico exemplar indie norte-americano, beira o minimalista e atrai não só por suas qualidades inerentes, mas também pelo estilo que agrega mais fortemente o visual. A história remonta o ano de 1988, quando as florestas do Texas sofreram queimadas históricas. Trabalhando na recuperação das estradas, está Alvin (Paul Rudd), homem que deixou sua esposa em casa para se dedicar quase que completamente à solidão que tanto gosta. Para ser seu ajudante, ele contrata seu cunhado Lance (Emile Hirsch, a cara do Jack Black), que está muito mais interessado no dinheiro que o trabalho fornece do que pelo tédio que aquele ambiente representa. Os dois são responsáveis por pintar as sinalizações nas pistas da região e, entre discussões sobre vivências e as relações femininas, terão que conviver em harmonia. Adaptação de um filme islandês de 2011, “Prince Avalanche” se garante com o irresistível carisma dos atores principais. Independente de todos os conflitos que os personagens irão se deparar no decorrer da história, o que fica mais claro é justamente a naturalidade vista em cena e a dinâmica interessante que vai ser firmada entre os dois. A direção ficou a cargo de David Gordon Green, que praticamente se define como um dos caras que mais entendem a dinâmica do circuito independente norte-americano. Sem grandes dificuldades, a obra vai nos conectar aos personagens centrais através do bom humor atribuído às diferenças entre eles. Infelizmente, “Prince Avalanche” vai divagar em uma busca irritante por alguma moral da história, algo que fica até mesmo incompreensível se tentarmos relacionar os conflitos dos personagens com alguns outros passageiros da história. Mas não importa. O filme se mantém muito bem na sua proposta de garantir boas risadas munidas de um bom desafio emocional.

Resumo
Data
Título
Prince Avalanche
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.