QUEM VAI FICAR COM MARY? (1998)

Quem Vai Ficar Com Mary? | There’s Something About Mary | dir. Bobby Farrelly, Peter Farrelly | EUA | ★★★★

Quem Vai Ficar Com Mary Poster

É certo que não é qualquer comédia que me agrada, principalmente quando essa comédia trata do “politicamente incorreto” de uma forma extremamente rasteira e inescrupulosa. E olha que não sou uma pessoa puritana. Só acho que deve haver um mínimo de teor criativo quando estamos falando de um gênero que, na minha opinião, pode ser tão nobre quanto o drama. Ou seja, não basta ter piadas sobre flatulências ou pessoa bêbada. Digo tudo isso somente para salientar que não faço parte do time que adora os irmãos Bobby e Peter Farrelly, cujo primeiros trabalhos foram “Debi & Lóide – Dois Idiotas em Apuros” (1994) e “Kingpin – Estes Loucos Reis do Boliche” (1996). A exceção é certamente esse “Quem Vai Ficar Com Mary?”, uma comédia que consegue a proeza de funcionar em boa parte de seu tempo.

As situações giram em torno de Ted (Ben Stiller), um aspirante a escritor que tem um trauma pesado de sua adolescência, quando não conseguiu levar a garota mais bonita da escola para o baile de formatura. Mesmo crescido, ele jamais esqueceu Mary (Cameron Diaz). Pressionado por um amigo, Ted resolve contratar o investigador Healy (Matt Dillon) para descobrir o paradeiro de Mary depois de treze anos, mas o mau caráter profissional acaba se apaixonando pela loira, tornando-se, assim, mais um rival para Ted.

O personagem de Ben Stiller cabe muito bem para o ator, que se tornou referência de homem mais azarado do universo, o que ele imortalizou em exemplos como “Entrando Numa Fria” (2000) e “Antes Só do que Mal Casado” (2007), este último também dos Farrelly. Algumas cenas de “Quem Vai Ficar Com Mary?” são realmente inesquecíveis. Certamente quem já viu o filme lembra-se do acidente com o zíper e o produto que Cameron Diaz utiliza acidentalmente como gel para montar um topete bizarro. Matt Dillon também surpreende num papel que poderia cair muito bem para Jim Carrey. Apesar de forçar a barra em alguns momentos – vide a ressuscitação do cachorro – trata-se de uma comédia que cumpre o papel de ser engraçada sem ser babaca gratuitamente.

Resumo
Data
Título
Quem Vai Ficar Com Mary?
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *