ROTA DE MORTE (2003)

Rota de Morte | Dead End | dir. Jean-Baptiste Andrea, Fabrice Canepa | EUA | ★★★

Rota de Morte Poster

A impressão que tenho é que esse “Rota de Morte” é muito mais conhecido pela sua campanha boca a boca. Eu não sabia nada sobre “Rota de Morte”, e foi preciso uma rápida pesquisa para descobrir que foi um projeto feito praticamente na raça por dois jovens cineastas franceses. São eles Jean-Baptiste Andrea e Fabrice Canepa. O amor que os dois caras têm por cinema – em especial o terror – fica nítido em quase todos os momentos. E é por isso que não dá pra dizer que este seja um daqueles filmes que se desprende de alguns clichês do gênero, como a mulher de branco em meio à floresta ou o carro preto que persegue os personagens, dois elementos que todos nós reconhecemos em tantas lendas urbanas. Aqui, Frank (Ray Wise) está dirigindo em direção à casa da sogra para mais uma ceia natalina. No carro ainda encontram-se a sua esposa Laura (Lin Shaye), o casal de filhos Richard (Mick Cain) e Marion (Alexandra Holden), e o namorado desta, Brad (William Rosenfeld). Após um cochilo rápido na direção, Frank decide pegar um atalho saindo da interestadual. O problema é que esse caminho reserva mistérios após eles cederem carona para uma misteriosa mulher com um bebê de colo. Uma coisa que dá pra negar: “Rota de Morte” soube dosar muito bem o seu humor sem comprometer os sustos. Ou seja, é um filme que nos prende para saber o que está por trás dos acontecimentos (que intrigam, devo confessar), mas sempre nos fazendo rir das imprevisibilidades dos personagens. Quase não tem como levar a sério as situações que envolvem masturbação, canibalismo e estados catatônicos causados por choque emocional. O final não é dos mais eficazes e prevalece uma leve sensação de mau gosto, porém, no geral, “Rota de Morte” – que chegou a ganhar alguns prêmios de cinema de terror independente – parece ter ido mais longe do que pretendia ir. Merece a fama de trash que ainda está por vir.

Resumo
Data
Título
Rota da Morte
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.