SIMPLESMENTE ALICE (1990)

Simplesmente Alice | Alice | dir. Woody Allen | EUA | ★★★★

Simplesmente Alice Poster

Simplesmente Alice” não é dos filmes mais badalados de Woody Allen, embora seja um dos exemplos mais claros do porquê seu modus operandi é tão querido por crítica e público. Tudo é muito simples e ele não faz questão de bolar algo muito sisudo para caracterizar uma obra até mesmo poética. E não é por ser uma comédia, pois uma comédia não precisa estar vinculada ao “teor adulto” para ter boa recepção dos mais rigorosos, e sim por tratar respeitosamente o seu público com romantismo, fantasia, crítica social, psicologia, religião e questionamentos éticos.

Como o título já sugere, Mia Farrow é Alice, uma nova-iorquina que poderia até ser considerada fútil. Rica, casada com um médico (William Hurt), não liga para os filhos e prefere ficar horas comprando com as amigas fofoqueiras a seguir seus objetivos de vida. Numa ida ao colégio de um de seus filhos, ela conhece o músico divorciado Joe (Joe Mantegna), a quem se sente atraída sexualmente. Mas Alice é incapaz de cometer adultério por ter preceitos católicos. Até que uma ida ao recomendado Dr. Yang (Keye Luke) faz com que, misticamente, ela se torne uma pessoa mais arisca, passando a questionar boa parte de sua vida e seus valores. Woody Allen apresenta uma tese bem perspicaz. D

urante toda a história, Alice tenta vender um roteiro para a TV, sempre negada pela responsável de um canal, afirmando que uma história pra fazer sucesso hoje em dia (digo isto porque a crítica ainda é atual) deve se ater somente a um público que não quer saber de uma história comum, sem indícios de tramoias e um personagem que contenham um arco bem desenvolvido num ambiente que não esteja ligado a violência (não foram exatamente estas as palavras, mas é algo nesse sentido).

Ora, “Simplesmente Alice” é tão simples quanto às ideias que a personagem tinha para um roteiro. E se Allen não seria aceito por essa grande massa acéfala que ele critica, ele faz assim mesmo. E que o público o escolha. Simples e audacioso.

Resumo
Data
Título
Simplesmente Alice
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *