SOMBRA DE UMA DÚVIDA (1943)

Sombra de uma Dúvida | Shadow of a Doubt | dir. Alfred Hitchcock | EUA | ★★★★★

Sombra de uma Duvida Poster

Sombra de uma Dúvida” é tido como o filme preferido do realizador Alfred Hitchcock. Eu não conhecia o longa e, exatamente por isso, gostei muito de saber de onde vinham diversas referências (algumas até muito descaradas) que Woody Allen utilizou em “O Homem Irracional” (2015). O filme se inicia com um sujeito chamado Charlie (Joseph Cotten) aparentemente fugindo de dois investigadores. Ele manda um telegrama para a sua irmã, que vive em Santa Rosa, Califórnia, com sua família. A ideia dele é ir até o lugar onde cresceu para se esconder de algo que inicialmente não sabemos. Sua sobrinha, Charlie (Teresa Wright), tem um grande apreço pelo tio, e recebe a notícia da vinda dele com muita felicidade. O que ela não esperava é que Tio Charlie passaria a ter comportamentos suspeitos. O que mais gosto em “Sombra de uma Dúvida” talvez seja a sua moral que discute como o mundo pode parecer louco, já que as pessoas que o fazem. A história tem um apelo muito interessante no ideal de controle sendo perdido, pois a trama é bastante segura. Tanto é que passamos a aceitar situações pouco prováveis, como o fato de dois investigadores estarem fazendo um trabalho intermunicipal sob um suspeito com poucas provas contra ele. O que vale aqui é a construção das cenas, em especial o momento em que a sobrinha Charlie está a caminho da biblioteca numa crescente sensação de descoberta (a cena foi apontada na aula como uma das mais importantes). Também é divertido perceber, com a pesquisa posterior, que Hitchcock fez em “Sombra de uma Dúvida” uma série de referências ao duplo (2 investigadores, 2 “Charlies”, 2 cenas na estação, etc.) e até mesmo ao Conde Drácula (perceba a primeira cena do filme com Charlie numa posição que remete ao caixão). Muito bom mesmo!

 

Resumo
Data
Título
Sombra de uma Dúvida
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.