SONHOS DE UM SEDUTOR (1972)

Sonhos de Um Sedutor | Play It Again, Sam | dir. Woody Allen | EUA | ★★★★★

Sonhos de Um Sedutor Poster

Este não é um filme inteiramente de Woody Allen. O cineasta está aqui como responsável pelo roteiro da obra, baseando-se numa peça que ele mesmo escrevera. A direção é do interessante Herbert Ross, que trabalhou, por exemplo, nos celebrados “Footloose – Ritmo Louco” (1984) e em “Flores de Aço” (1989).  Allan (Woody Allen) acaba de ser largado pela esposa, que o acusa de ser um “espectador da vida”, um completo niilista.

O tal motivo faz alusão ao fato de Allan ser crítico de cinema. Após o pé-na-bunda tomado pela ex-mulher, ele é consolado pelo casal de amigos Dick (Tony Roberts) e Linda (Diane Keaton). Eles tentam conseguir novas companhias para o novo solteiro, mas, por ser desastrado e querer sempre impressionar as pretendentes, Allan não consegue passar do primeiro encontro. A única mulher que o vê naturalmente é Linda, estimulando uma forte aproximação entre os dois. Agora, Allan se sente ainda mais culpado por estar apaixonado pela mulher do melhor amigo.

Uma das coisas mais geniais de “Sonhos de Um Sedutor” reside no fato da consciência de Allan está sob a forma de Humphrey Bogart, o galã de “Casablanca” (1942). Afinal, o que torna o protagonista tão especial? Ele mesmo ou os conselhos “alfas” de Bogart? As situações que envolvem as orientações do sedutor são talvez as melhores de todo o filme, tanto é que souberam aproveitá-las sem parecer insistência numa mesma piada. Desde cedo, Woody Allen tem consciência da ironia da vida, situações que acometem paixões inesperadas e tampouco desejadas anteriormente. A vida é assim: um devir de ocasionalidades.

A peça de Woody Allen (na qual o filme foi baseado) foi encenada pela primeira vez em 1969, garantindo grande sucesso de público e crítica. Originalmente, também foi encenado por Allen, Keaton e Robert, em seus respectivos papéis. Coeso e genuinamente divertido, “Sonhos de Um Sedutor” está para além de um simpático romance. Suas referências fazem com que o filme se torne uma belíssima homenagem ao cinema, com todos os aprendizados pessoais por parte de seus adoradores.

Resumo
Data
Título
Sonhos de Um Sedutor
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *