STAR WARS – O IMPÉRIO CONTRA-ATACA (1980)

Star Wars – O Império Contra-Ataca | Star Wars: Episode V – The Empire Strikes Back | dir. Irvin Kershner | EUA | ★★★★★

Star Wars O Império Contra-Ataca

Quando eu escrevi sobre “Guerra nas Estrelas” (1977), comentei que continuaria fazendo uma maratona Star Wars não só como um esquenta para “Star Wars – O Despertar da Força” (2015), mas também para tomar contato com a saga que conheço muito mais pela fama do que pela experiência. “Star Wars – O Império Contra-Ataca” é um desses casos de sequência que soa melhor do que o original. Não escondi o fato de que “Guerra nas Estrelas” tinha suas imperfeições, e os próprios fãs (pelo menos os mais sensatos) concordam, sendo muito mais uma história divertida, um universo incomparável. Para essa continuação, George Lucas, o diretor original, resolveu ficar apenas com o cargo de produtor, deixando a direção para Irvin Kershner (“RoboCop 2”). Além disso, custeou boa parte do investimento no longa, passando para um estúdio somente a responsabilidade de distribuição. Talvez esse fator foi preponderante para levar em consideração as escolhas mais acertadas para o próprio filme. Dessa vez, parece que tudo funcionou perfeitamente. Darth Vader (David Prowse) procura incessantemente o paradeiro de Luke Skywalker (Mark Hamill), que se encontra numa base com os rebeldes junto com Han Solo (Harrison Ford) e Princesa Leia (Carrie Fisher). Após uma retirada, Luke vai ter treinamento com o mestre Jedi Yoda, um dos personagens mais carismáticos do cinema. Entre invasões, perseguições, viradas na trama (“Luke, I am your father”), alívios cômicos, interesse romântico (apesar de não ver graça no casal Han – Leia) e aventura, “Star Wars – O Império Contra-Ataca” mantém tudo em perfeita ordem, sem aquela sensação de que falta algo, tão presente no filme anterior. Ainda não sei exatamente se esse segundo volume (de acordo com a ordem cronológica de produção, já que pra história essa é a parte V) é o melhor filme da franquia ou se é o preferido de boa parte dos fãs. Mas, pelo menos para mim, se as sequências forem tão boas quanto essa, terei que dar o braço a torcer e dizer que acho “compreensível” tanta adoração.

Filmes Relacionados:

Star Wars – Episódio IV – Guerra nas Estrelas (1977)
Star Wars – Episódio VI – O Retorno de Jedi (1983)
Star Wars – Episódio VII – O Despertar da Força (2015)

Resumo
Data
Título
Star Wars - O Império Contra-Ataca
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.