SUPER XUXA CONTRA O BAIXO ASTRAL (1988)

Super Xuxa Contra o Baixo Astral | dir. Anna Penido, David Sonnenschein | Brasil | ★

Super Xuxa Contra o Baixo Astral Poster

Como meu colega de quarto nunca havia assistido a um filme sequer da chamada Rainha dos Baixinhos, acabei o apresentando, via YouTube, este que é considerado um dos exemplos mais trash que o cinema tupiniquim já produziu. Dirigido por Anna Penido,“Super Xuxa Contra o Baixo Astral” é nada menos que o primeiro filme em que Xuxa Meneghel estrelou para o público infantil como protagonista (já havia feito participações menores em filmes dos Trapalhões). Capitaneado pelo sucesso como apresentadora matinal da Rede Globo, não seria difícil prever os recordes de público. Chegou a ser insistentemente reprisado na Sessão da Tarde, o que acabou tornando tudo muito nostálgico, tanto pra mim quanto pra uma geração inteira, goste você de Xuxa ou não. Tudo bem que se trata de uma fita dedicada a um público infantil, mas cara, como tudo é MUITO ruim.

Em primeiro lugar, fica visível uma tentativa de fazer uma versão de “Labirinto – A Magia do Tempo” (1986), aquele que tem Jennifer Connelly novinha e David Bowie cantante. O fiapo de história se resume a uma paladina infantilizada que quer pintar o mundo com as cores do arco-íris, causando a ira de Baixo Astral (Guilherme Karan), uma figura demoníaca que habita no esgoto da cidade. Para causar sofrimento na loira, ele sequestra o seu cãozinho (de voz afeminada), Xuxo.

Em busca de seu mascote, Xuxa enfrentará uma série de desafios, encontrando uma lagartixa cigana (a primeira que falou “adoro perigo”, diga-se de passagem), lango-langos, e uma cágada metida a sabichona. Mas, pelo visto, tudo não passou de subterfúgio para faturar em trilha-sonora, álbum de figurinhas, livro de ilustrações, aumentar o ibope do Show da Xuxa… até as inserções do merchandising são os mais descarados possíveis, sem explicar, por exemplo, porque um garoto foi escovar os dentes com Colgate num esgoto e estar preso num freezer da Coca-Cola. “Super Xuxa Contra o Baixo Astral” pode até ter sua cota saudosista, mas eu os desafio a assistir depois de adulto. É vergonha alheia do início ao fim.

Resumo
Data
Título
Super Xuxa Contra o Baixo Astral
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *