TEMOS QUE SAIR DAQUI (2013)

Temos Que Sair Daqui | We Gotta Get Out of This Place / Bad Turn Worse | dir. Simon Hawkins, Zeke Hawkins | EUA | ★

38ª Mostra Internacional de São Paulo

Temos Que Sair Daqui Poster

Apesar de “Temos Que Sair Daqui”  estar rodando desde o ano passado em diversos festivais, parece ser um trabalho ainda bem desconhecido, tanto é que aparentemente mudaram de título original bem no meio do trajeto, como puderam perceber entre os parênteses mais acima. Mas de pouco importa o título. Trata-se de um filme bem convencional em sua maneira de tratar as consequências de um crime. Numa cidade pequena do Texas, três amigos de infância vão passar um final de semana curtindo bebedeiras e compras com um dinheiro que surgiu do nada. Acontece que toda essa quantia na verdade foi roubada pelo garoto-problema BJ (Logan Huffman). Sua namorada está indo pra faculdade em poucas semanas, assim como o terceiro elemento do grupo, Bobby (Jeremy Allen White), com quem a própria Sue tem um affair. Com o triângulo amoroso montado, logo descobrem que toda a grana era do perigoso Giff (Mark Pellegrino), que vai fazer com que o grupo tenha que pagar o rombo cometendo outro crime. “Há 32 maneiras de se contar uma história (…), mas apenas uma trama: as coisas não são o que parecem”. A paráfrase do escritor norte-americano Jim Thompson é utilizada por uma personagem logo no início do filme, meio que como uma apresentação da força motriz de toda a história. É complicado afirmar se “Temos Que Sair Daqui” tenha tido êxito dentro da sua proposta, se nós levarmos em consideração a abordagem por trás da frase utilizada. O que vi foi um emaranhando de clichês utilizados de uma maneira menos alarmistas, é verdade, mas ainda assim são clichês. Vilões estereotipados, sexo em momentos inoportunos e aquela velha tática de apresentar planos diabólicos da maneira mais didática possível. Está tudo lá, encaixotado num filme de orçamento apertado. Dirigido pelos estreantes Simon e Zeke Hawkins a partir do roteiro do igualmente desconhecido Dutch Southern, “Temos Que Sair Daqui” se vale no desarranjo de lugares fáceis.

Resumo
Data
Título
Temos Que Sair Daqui
Avaliação
11stargraygraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.