TEMPLE GRANDIN (2010)

Temple Grandin | dir. Mick Jackson | EUA | ★★★★★

Temple Grandin Poster

Há muito tempo venho querendo falar sobre “Temple Grandin“, uma pérola produzida para exibição na HBO americana, que traz Claire Danes em seu melhor desempenho até agora (e acredito que de toda a sua carreira). O telefilme trata da emocionante história de Temple, uma mulher autista que revolucionou a indústria frigorífica nos Estados Unidos, que hoje conta com metade de seus centros de produção bovina utilizando as técnicas estudadas por ela. A história aqui contada tem um poder de atração quase inexplicável, que nos mantém curiosos pela história de vida de uma mulher que não decaiu frente às suas limitações e enfrentou até o sexismo para conseguir ser hoje uma das mais respeitáveis cientistas americana.

Temple Grandin (Claire Danes,) vai passar as férias na fazenda de sua tia Ann (Catherine O’Hara). Lá, Temple inicia uma paixão imediata pelos animais de grande porte, em especial o gado, que, segundo ela mesma diz, possuem uma forma inteligível de se expressar. Mesmo se divertindo nessa temporada de férias, ela logo irá para a universidade, onde terá que conviver com pessoas que ela diz não compreender. O discurso de Temple é simples. Tudo o que ela quer é respeito aos animais. Os defensores ferrenhos pensam que a indústria dos animais é um mal a ser eliminado.

Nossa heroína diz que o problema não está no consumo da carne animal, e sim na forma como ela é executada ainda nos matadouros. Segundo ela, a vida segue uma lógica tradicional, uma cadeia alimentar. E entre morrer sendo estripada por um leão e ser bem tratada numa fazenda para morrer com dignidade e o devido respeito, logicamente ela iria querer a última opção. E é com essa visão em prol dos bovinos que Temple resolve se especializar em psicologia animal e seguir a carreira acadêmica, concluindo mestrado e doutorado, além de estudar a comunicação entre bovinos e a melhor forma de manejo na criação destes.

Temple Grandin” é a prova de que, mesmo assumindo as maneiras corretas de se contar uma história, é capaz de ser algo incrivelmente delicado e que deve ser descoberto pelas pessoas. Eu faço a minha parte em recomendar.

Resumo
Data
Título
Temple Grandin
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *