TERAPIA DE RISCO (2013)

Terapia de Risco | Side Effects | dir. Steven Soderbergh | EUA | ★★★★

Terapia de Risco Poster

Steven Soderbergh saiu anunciando por aí que esse “Terapia de Risco” será seu último filme, ao menos a ser lançado no cinema da maneira convencional. Depois disso, ninguém sabe. Apesar de achar que esse tipo de anúncio é fogo de palha, caso seja verdade, eu diria que Soderbergh fechou o seu ciclo com muita dignidade. Emily (Rooney Mara) esperou por quatro anos para que seu marido (Channing Tatum) saísse da cadeia após ser condenado por se utilizar de informações maliciosas para obter lucro no mundo dos negócios. Contudo, Emily passa a expressar alguns sinais de uma forte depressão, que é iniciada com uma tentativa de suicídio. Internada após o choque de seu carro contra uma parede de concreto, ela conhece o psiquiatra Jonathan Banks (Jude Law), que quer ajudá-la a sair dessa fase com a ajuda de um novo medicamento ainda em fase de experimentação. O problema é que um dos efeitos colaterais culmina em uma grande tragédia que irá afetar a todos, inclusive a Dra. Victoria Siebert (Catherine Zeta-Jones), a primeira terapeuta de Emily. O curioso que “Terapia de Risco” irá situar seu suspense e conspiração baseados em um fato comum da nossa geração. Tomar antidepressivos se tornou cool, o que é inerente a uma glamorização do que é inconstante, diferente e desequilibrado. Esse efeito cai como uma luva nesse filme, que ainda fará uma árdua crítica contra a famigerada indústria farmacêutica. Por motivos óbvios, não poderei dizer ao certo em quais rumos tudo irá desmoronar. Mas posso adiantar que tudo é muito bem desenvolvido. Mesmo constatando algumas incongruências nas atitudes dos personagens, tudo é muito bem amarrado. Escrito por Scott Z. Burns, “Terapia de Risco” se mostra muito habilidoso na intenção de fisgar o espectador. É um filme muito bem arranjado, fazendo jus à carreira de um cara que, mesmo entre tropeços e acertos, sempre demonstrou muita segurança no que estava fazendo.

Resumo
Data
Título
Terapia de Risco
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.