THE BABADOOK (2014)

The Babadook | dir. Jennifer Kent | Austrália | ★★

The Babadook Poster

Não era de hoje que eu vinha recebendo uma série de recomendações pra assistir a “The Badadook” (em algumas rodas é chamado de “O Senhor Babadook”, mas acho que esse é o título que recebeu em Portugal), dizendo que era um novo marco no gênero. Tamanho hype me fez acreditar em algo acima da média. Já vou logo dizendo que é bem difícil afirmar tal coisa. A história é bem simples e não demora para desenrolar. Amelia (Essie Davis) perdeu seu marido num acidente de carro no dia em que ia nascer o seu primogênito. Anos depois, ela vive sozinha com o filho Samuel (Noah Wiseman), este que já é uma criança chorona de uns doze anos. Samuel começa a ter problemas de comportamento, muito por conta da apatia de sua mãe, que ainda lê histórias para que ele durma. Numa dessas noites, ela lê, sob insistência do moleque, o livro que apresenta Babadook, um monstro que surge na calada da noite pra aterrorizar criancinhas. Daí já dá pra sacar que esse é o monstro que vai descontrolar a vida de mãe e filho. O problema maior de “The Babadook”, ao meu ver, é a sua pretensão versus a realidade dos fatos. Escrito e dirigido pela estreante Jennifer Kent, o roteiro insiste em ser algo inovador no terror clássico, que impõe medo pelo que NÃO está sendo visto. Devo dizer que a ideia é válida e bastante respeitosa. Até porque o filme respeita esses critérios numa produção até mesmo bem feita. O problema é o espiral de clichês que “The Babadook” vai caindo. As mudanças de comportamento da criança, a polícia ineficiente, o cachorro que infelizmente sabemos que vai morrer, as lâmpadas que estouram, personagens que somem sem motivo algum, o porão, o finado marido como armadilha metafísica… Poderia listar inúmeros chavões, mas acho que já fui claro o suficiente. The Babadook” fica interessante quando parece fazer uma metáfora sobre a depressão e a crise da relação mãe e filho. Por outro lado, o próprio roteiro faz questão de afastar essa possibilidade (uma pena) quando mais poderia ajudar. Desperdício.

Resumo
Data
Título
The Babadook
Avaliação
21star1stargraygraygray

Comentários (via Facebook)

comments