THELMA E LOUISE (1991)

Thelma e Louise | dir. Ridley Scott | EUA | ★★★★

Thelma e Louise Poster

Thelma e Louise” continua sendo um grande filme, é verdade. No entanto, cheguei a reparar (até por mais de uma vez) que algumas cenas que não se encaixavam mais com a proposta. Reconhecido como um dos filmes mais feministas do cinema nos anos 90, o longa trouxe Geena Davis e Susan Sarandon em atuações magníficas, representando mais que duas mulheres, mas verdadeiros símbolos de uma repressão que a figura feminina ainda custa a tentar sair. Louise (Susan Sarandon) é uma garçonete cansada da rotina. E é pra fugir desta rotina que ela chama sua amiga Thelma (Geena Davis) para uma viagem de final de semana. Thelma, ao contrário da amiga, é uma esposa dedicada, cujo esposo não lhe dá o mínimo valor. Mesmo assim, elas partem a bordo de um Thunderbird 66 pelas estradas do Arkansas. Até que uma tentativa de estupro que se agrava em um assassinato faz com que elas mudem a rota da viagem. Dizer que o filme é feminista por excelência não chega a ser um exagero. Para começar, trata-se de um filme de Ridley Scott, que, embora (obviamente) não seja uma mulher, comandou “Alien – O Oitavo Passageiro” (1979) trazendo a agente Ripley (Sigourney Weaver) como um dos maiores ícones da cartela de personagens femininas fortes. Como se não bastasse o nome de Scott, a roteirista de “Thelma e Louise”, a texana Callie Khour, chegou a arranjar briga com uma série de gente questionando o teor “anti-homem” do filme, o que ela negou veementemente apesar de assumir que a força feminina é o motor da história. Aliás, é esse “motor” que trouxe alguns obstáculos para o próprio filme. Não tem como terminar esse texto sem falar do glorioso final. Não há nada melhor do que terminar uma história vendo que os personagens principais fazem uma conclusão direcionada a tudo o que tinham provado na história. E é por isso que “Thelma e Louise” merece destaque.

Resumo
Data
Título
Thelma & Louise
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.