UM ESTRANHO NO NINHO (1975)

Um Estranho no Ninho | One Flew Over the Cuckoo’s Nest | dir. Milos Forman | EUA | ★★★★★

Um Estranho no Ninho Poster

É claro que em algum momento da minha vida eu já tinha visto “Um Estranho no Ninho“, pois há muito tempo eu cheguei a ganhar um DVD do filme que, por acidente, foi embora numa leva que vendi pra um sebo no centro de São Paulo. Uma pena. Na revisita, percebi que não lembrava de quase nada do seu final. Trata-se de uma obra intensa, sufocante. Dessas que você se sente até um tanto quanto aliviado quando termina. O diretor tcheco Milos Forman é desses que conhece muito bem o seu público, e o distorce de maneira cirúrgica, provando que tem mão boa pra direção. A história é baseada no livro de Ken Kesey, que fora lançado em 1962. Dizem que o autor chegou a desmerecer a adaptação por ter sido totalmente reformulada para que Jack Nicholson estrelasse. Por sinal, Nicholson está perfeito na composição de R.P. McMurphy, um malandro que após ser preso por se envolver com uma garota menor de idade alega insanidade e vai parar num instituto de saúde mental. Acontece que entre os anos 60 e 70, essas clínicas praticavam uma série de experimentos em seus pacientes, que chegavam a ficar em estado catatônico como forma de contenção. Sob o regimento da enfermeira-chefe Ratched (Louise Fletcher), o lugar terá a sua rotina completamente alterada com a chegada de McMurphy. “Um Estranho no Ninho” chegou a fazer escola. Um episódio especial de “Dr. House” chegou a homenagear o longa. E até o equivocado “Garota, Interrompida” (1999) tem lá suas sutis referências, mesmo bebendo de outra fonte (nesse caso, de outro livro). Mas nada que pudesse chegar perto de tamanho incômodo que o longa de 75 pudesse causar. Vencedor dos principais prêmios Oscar no ano seguinte, coube à Louise Fletcher entrar na história da premiação ao dedicar parte de seu discurso de agradecimento em linguagem de sinais para seus pais surdos. Nem parecia a enfermeira sisuda de olhar amedrontador do filme. É desses trabalhos que merecem ser revisitados sempre.

Resumo
Data
Título
Um Estranho no Ninho
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.