UMA FAMÍLIA EM TÓQUIO (2013)

Uma Família em Tóquio | Tôkyô Kazoku | dir. Yoji Yamada | Japão | ★★★

Uma Família em Tóquio Poster

Não consegui ver “Uma Família em Tóquio” durante a Mostra Internacional de Cinema ano passado, no qual esteve dentro da bem-vinda programação em homenagem ao cinema de Yasujiro Ozu. Estreou no circuito e, da mesma forma, não tive tempo de conferir. Até que entrou em cartaz no CineSesc e, como eu quis fugir da folia paulistana em meio ao Carnaval, não poderia deixar passar. Quando o clássico “Era Uma Vez em Tóquio” (1953) foi lançado, o diretor Yôji Yamada era um jovem universitário que mal imaginava que a obra-prima de Ozu fosse ultrapassar gerações. 60 anos depois, ele traz um remake corajoso, que não se entrega às armadilhas em reviver um dos maiores tratados familiares que o cinema já produziu. Ao ver “Uma Família em Tóquio”, não demora muito para percebermos que o mundo atual, mais do que nunca, tem suas consequências que devem ser pesadas. A história é a mesma do original, com algumas mudanças pontuais. Um casal de velhinhos (Isao Hashizume e Kazuko Yoshiyuki) viaja do interior para Tóquio afim de visitar os filhos que se estabeleceram por lá, dentre os quais estão um médico pai de família (Masahiko Nishimura), uma cabeleireira (Tomoko Nakajima) e o caçula (Satoshi Tsumabuki), tido como irresponsável por não está lá muito interessado no futuro e trabalha como cenógrafo freelancer. Ao contrário do filme de 53, a nora viúva dá lugar à namorada (Yû Aoi) do filho mais novo, a única que trata os anciãos de uma maneira mais aproximada, já que os filhos parecem estar indiferentes. Como não poderia deixar de ser, Yamada faz um trabalho belo, com uma boa composição do drama desses personagens, porém sem ir muito longe. Ficou muito respeitável, é verdade, mas eu diria que tenha extrapolado um pouquinho ao arrastar a duração do filme, que ainda investe em alguns personagens soltos, como a garotinha do interior e o professor que aparentemente se apaixona por uma personagem importante.

Filmes Relacionados:

Era Uma Vez em Tóquio (1953)

Resumo
Data
Título
Uma Família em Tóquio
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.