UMA NOITE ALUCINANTE 3 (1992)

Uma Noite Alucinante 3 | Army of Darkness | dir. Sam Raimi | EUA | ★★★

Uma Noite Alucinante 3 Poster

Eu não esperava me divertir tanto com este Uma Noite Alucinante 3, a conclusão da trilogia Evil Dead, que saiu da cabeça engenhosa de Sam Raimi (“Rápida e Mortal”, “Um Plano Simples”), escrevendo o roteiro junto de seu irmão mais velho, Ivan Raimi, e dirigindo uma sequência de boas gags protagonizada por um Bruce Campbell ainda mais exagerado e cartunesco. Nos filmes anteriores, Ash (Campbell) perde a namorada por espíritos malignos numa cabana no meio da mata, tudo porque fez mau uso do chamado Necronomicon, o livro dos mortos. Dessa vez, ele é acidentalmente transportado para o ano de 1300, onde acaba sendo escravizado a mando do Lord Arthur (Marcus Gilbert), mas logo se prova um grande guerreiro que irá enfrentar o exército dos mortos para recuperar o tal livro e voltar para os dias atuais. E é aqui que mora a maior parte da diversão de Uma Noite Alucinante 3, que é definitivamente uma comédia, e das mais bizarras. Muito antes de Game of Thrones, é aqui que você verá uma verdadeira batalha entre humanos medievais e um exército de mortos-vivos, com direito a ossos sendo usados como instrumentos musicais de batalha. Além disso, o meio desse grande épico traz Ash sendo atormentado por três mini versões dele mesmo, que o atazanam por longos minutos. É difícil de explicar, mas a cena fala por si só. Bruce Campbell, que também é produtor da fita, parece se divertir com a oportunidade de tirar sarro de seu próprio personagem. Os efeitos visuais, para a época, é um primor, levando em consideração a necessidade de ter esqueletos numa guerra entre mortos e vivos. Tudo isso sem deixar de ser engraçado, ainda que o humor muitas vezes soe infantil demais. Uma Noite Alucinante 3 vale muito mais na sua metade final. E tudo porque o investimento no “exército da escuridão” (como anuncia o título original) promete.

Filmes Relacionados:

Resumo
Data
Título
Uma Noite Alucinante 3
Avaliação
31star1star1stargraygray

Comentários (via Facebook)

comments