UP – ALTAS AVENTURAS (2009)

Up – Altas Aventuras ​|​ ​Up​ ​|​ ​dir.​ Pete Docter, Bob Peterson ​|​ ​EUA ​|​ ​★★★★

Up Poster

Antes de assistir ao filme Up – Altas Aventuras, eu já tinha um preconceito sobre este por nitidamente ser feito para chorar. É lógico que eu já não estava tão errado assim, e conhecia a obra principalmente por conseguir ser o primeiro longa de animação a ser indicado ao Oscar para melhor animação e melhor filme (ganhou o primeiro), além de também ser lembrado como melhor roteiro original. Roteiro este que foi escrito pelos também diretores Pete Docter e Bob Peterson (“Divertida Mente“), narra a história de aventura vivida por Carl Fredricksen (Edward Asner), um senhorzinho octogenário ranzinza e de poucos (para não dizer nenhum) amigos. Viúvo, ele teve um casamento de uma vida inteira com uma esposa que era sua companheira inseparável, mas agora vive recluso em meio a construções de prédios que rodeiam a sua casa. O amor pela sua casa, por sinal, faz com que ele a suspenda por balões afim de leva-la para o cume de uma catarata na América do Sul, porém acidentalmente leva consigo Russel (Jordan Nagai), um garoto escoteiro que sonha em garantir a sua última insígnia e se tornar um sênior. No caminho, terão o encontro com uma ave rara e uma matilha de cachorros falantes criada por um explorador de caráter duvidoso. Eu talvez só tenha caído nas graças de Up – Altas Aventuras por saber que devo seguir ao meu desafio Pixar, ainda na primeira fase. E não desgostei não. O filme é singelo, desses que remetem à nossa vontade de construir uma relação baseada em memórias gratificantes. E também fala de perdas, e em como somos levados a manter uma proximidade com as pessoas que nos deixaram, ainda que simbolicamente. No caso do protagonista, está a casa. E saber descrever essa característica demasiada humana com um bom trabalho de construção de personalidade sem perder toda a carga cômica é um feito e tanto.

Resumo
Data
Título
Up – Altas Aventuras
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.