VIDA DE INSETO (1998)

Vida de Inseto ​|​ ​A Bug’s Life​ ​|​ ​dir.​ John Lasseter, Andrew Stanton ​|​ ​EUA ​|​ ​★★★★

Vida de Inseto Poster

O meu desafio da vez será ver as animações da Pixar, algo que eu já tinha vontade há um certo tempo, mas faltara, digamos, um estímulo a mais para começar. Eu sei que o primeiro filme da Pixar na verdade é “Toy Story” (1995), mas decidi não respeitar a ordem cronológica, começando por este Vida de Inseto, que até agora eu não tinha visto, até porque sempre confundi com “Formiguinhaz” (1998), que foi lançado no mesmo ano e traz algumas semelhanças, só que este último foi produzido pela DreamWorks. A dupla por trás de Vida de Inseto é formada por John Lasseter e Andrew Stanton, que também foi responsável por toda a franquia de “Toy Story”. A história se passa num vilarejo de formigas, que recorrentemente é invadido por um grupo de gafanhotos liderado por Hopper (Kevin Spacey), que exige uma espécie de imposto com comidas. Acidentalmente, o atrapalhado Filk (Dave Foley) derruba o oferta, fazendo com que a princesa Atta (Julia Louis-Dreyfus) o estimule a consertar o estrago indo até a cidade para encontrar mercenários que possam ajuda-los a enfrentar os gafanhotos. Filk traz para a colônia um grupo de insetos circenses formados por louva-a-deus, mariposa, viúva-negra, entre outros, mas acaba escondendo o fato para dizer à colônia que são todos guerreiros. Daí já pra imaginar as confusões que estão por vir. Até hoje eu ainda não tive nenhuma experiência ruim com animações da Pixar. E dificilmente eu teria uma com “Vida de Inseto”. O trabalho tem uma inocência muito carregada, mas sem subestimar o humor. Eu ri muito com o circo da pulga PT, principalmente quando é revelado que a joaninha na verdade é um macho. E foi quase certeira a minha identificação de que o filme foi ligeiramente baseado no clássico “Os Sete Samurais” (1954), de Akira Kurosawa, o que só demonstra a capacidade da Pixar em prevalecer boas histórias para o seu público.

Resumo
Data
Título
Vida de Inseto
Avaliação
41star1star1star1stargray

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.