VOLVER (2006)

Volver | dir. Pedro Almodóvar | Espanha | ★★★★★

Volver Poster

Já não chega a ser mais novidade falar bem de Pedro Almodóvar. O cara é praticamente uma unanimidade no quesito “diretores preferidos” de muita gente. Isso porque ele é um autor essencialmente narrativo. Numa sociedade como a nossa, nada melhor do que se entreter num filme cuja narrativa se desenvolve perfeitamente, mesmo que estejamos diante de uma velha forma de se fazer cinema. Depois de se aventurar na humanidade masculina (“Fale Com Ela”, “Abraços Partidos”), o diretor espanhol volta a falar das mulheres em “Volver”, mais uma vez mantendo seu estilo de bom entendedor da alma feminina.

Dessa vez, ele se concentra em Raimunda (Penélope Cruz), uma dona-de-casa que se vira como pode para sustentar a casa. Numa fatalidade, sua filha acaba assassinando o próprio pai, que tentou estuprá-la. Agora, Raimunda reunirá forças para que sua filha não fique desamparada. Sua irmã, a solitária cabeleireira Sole (Lola Dueñas), diante da situação da irmã, é obrigada a ir sozinha para o enterro da tia, que acabara de falecer na supersticiosa vila onde cresceu. A surpresa maior é quando sua mãe, Irene (Carmen Maura), volta misteriosamente alguns anos depois de morrer em um incêndio junto do marido. Raimunda e Sole terão que enlaçar suas histórias, que resguardam muito mais revelações do que todos possam imaginar.

Para ficar ainda mais absorto com “Volver“, é preciso, antes de mais nada, aceitar algumas premissas da obra, principalmente no que se refere ao investimento fantasioso que por vezes decorre em seu início. Mas, como já dito, Almodóvar sabe, como ninguém, envolver as pessoas em suas narrativas. Os homens são logo descartados para nos restar essa gama de mulheres que sofrem, porém de maneira orgânica. Junta-se às protagonistas a intrigante Augustina (Blanca Portillo), que, mesmo debilitada, procura vestígios de sua mãe desaparecida. Em “Volver“, temos também a atuação histórica de Penélope Cruz, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar, a primeira dada a uma atriz espanhola. Aquém desse dado premiativo, o fato é que “Volver” está entre as histórias mais redondas de Pedro Almodóvar.

Resumo
Data
Título
Volver
Avaliação
51star1star1star1star1star

Comentários (via Facebook)

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *